Eventos no Exterior – Como proceder com o Siscoserv

Diante da trágica e avassaladora notícia que comoveu todo o planeta nos últimos dias, é com enorme lástima que escrevo este texto a respeito do Siscoserv.

Em condições normais, rotineiras dos clubes futebolísticos ou desportistas que disputam competições internacionais, existem infinitos serviços que agregados certamente precisam ser registrados no Siscoserv. Um exemplo simples, que causou enorme repercussão, foi a contratação da empresa boliviana de fretamento aéreo LAMIA pela brasileira Associação Chapecoense de Futebol. Tal serviço de deslocamento deve ser registrado, apesar do calamitoso acidente que devastou o coração de todos os apreciadores e não apreciadores de futebol.

Outros serviços conexos precisam ser registrados por equipes brasileiras que passam por rotinas semelhantes, como hospedagem da delegação, translado aeroporto-hotel-estádio / estádio-hotel-aeroporto, restaurantes, seguradoras, enfim, toda e qualquer empresa contratada no exterior para fornecer alguma espécie de serviço deve ter esse serviço registrado.

A Efficienza se solidariza com a Chapecoense e se coloca à disposição de quaisquer clubes que tenham dúvidas a respeito de Siscoserv. #ForçaChape

Por Vinicius Vargas Silveira.