Posts

Transporte de cargas líquidas: Isotank e Flexitank

Projetados para o transporte de variados produtos, os isotanks e flexitanks são de fácil utilização em qualquer modal. Comumente vistos no transporte de produtos como glicerina, óleos, gorduras, extratos, ácido, lubrificantes e produtos químicos, são bastante seguros e práticos para o transporte internacional, para fins de armazenagem e até mesmo no transporte doméstico.

O Flexitank (figura 01), bag resistente utilizada para embarque dentro de um contêiner de 20 DRY ou 40 HC, tem algumas limitações e cuidados especiais, podendo se tornar mais caro em alguns casos. O CNTR a ser utilizado normalmente deve ser vistoriado por um profissional experiente e não apresentar nenhuma deformidade, muitas vezes sendo necessário um CNTR padrão alimento para minimizar os riscos de avaria no bag ou no próprio CNTR, durante a estufagem. Após a seleção, é feito a montagem do flexitank dentro do contêiner (fitting). Estes processos vistoria, fitting, equipamento padrão alimento, além de, em virtude da densidade do produto ou restrição de armador, muitas vezes permitir um peso reduzido por equipamento, tornam o uso do flexitank mais caro do que o isotank.

Figura 1: Flexitank

Já o Isotank (figura 02), tipo de contêiner em formato cilíndrico, projetado para transporte de cargas líquidas (alimentos e químicos), traz diferentes benefícios para a logística. Atualmente o mercado brasileiro conta com uma gama de fornecedores e diferentes opções de origens de retirada dos equipamentos, aproximando cliente x fornecedor e permitindo maior agilidade ao processo. O uso de isotanks permite otimização de custo, uma vez que não existe o bag neste caso, consequentemente, risco de estourar, e com isso haver despesa de novo bag além de perda de produto. Ainda, o Isotank permite um volume maior de carregamento por tank. Enquanto um flexitank de 20mil litros, e um produto com densidade de 1,26 pode estufar até 25,20tons, um Isotank permite carregar até 27tons, salvo restrições de destino.

Figura 2: Isotank

Conforme tabela que segue, a movimentação de cargas líquidas vem crescendo no Brasil, o que torna de extrema importância a correta análise e decisão do equipamento, objetivando redução de custos e aumento na lucratividade. Muitas empresas não têm esse conhecimento e não sabem onde buscá-lo, abrindo um nicho promissor para os profissionais do nosso segmento.

Boas vendas!

Fonte: http://portal.antaq.gov.br/

Por Alana Reis.