Posts

Transporte Rodoviário Internacional e Nacional, você tem todas as informações?

Ficou mais claro, a poucos meses, a importância do Transporte Rodoviário no Brasil, e em todo Mercosul, com a Paralisação dos caminhoneiros e transportadoras, quem em apenas 10 dias gerou a falta de insumos nas distribuidoras, combustível nos postos, e até medicamentos nas farmácias.

Hoje atuam no Mercosul de forma legal e ordenada mais de 600 transportadoras, e 48mil Caminhões, números da ANTT (Agencia Nacional de Transporte Terrestre), http://www.antt.gov.br/, órgão que ampara o Modal.

A criação da Tabela de Frete http://www.antt.gov.br/cargas/Tabelas_de_Precos_Minimos_do_Transporte_Rodoviario_de_Cargas.html, tem o intuito de regulamentar, organizar e valorizar o Transporte Rodoviário como um todo, principalmente dignificar uma profissão tão necessária, que é do caminhoneiro.

Quando falamos de negociações internacionais ou Nacionais, envolve além de Moeda, expectativas, datas, praz

os, leis, segurança, que sem um bom transporte podem gerar inúmeros problemas, financeiros e materiais.

E você Importador e Exportador, sabe escolher sua Transportadora?

Quando a empresas conta com um setor especializado, ou uma assessoria Internacional que faz um trabalho que inclua Logística Rodoviária, ela tem um profissional que se encarrega da responsabilidade, e dos cuidados e atenções necessárias no Transporte de carga, tais como:

-A quanto tempo a sua transportadora está no mercado?
-Qual a operadora, validade e Valor da Apólice de seguro da Transportadora?
-Se eu precisar de rastreador, os veículos da transportadora possuí?
-A transportadora tem Histórico? (Vide Sites e Google)
-O veículo que ela está oferecendo é o indicado para o transporte da sua Mercadoria? https://www.carrodegaragem.com/tipos-de-carretas-capacidades-e-tamanhos/
-Quais condições de trabalho do Motorista? Tem IPI’s? É registrado? É terceirizado?

Ao escolher um frete Rodoviário, avalie as questões acima, e escolha alguém que cuidará de sua Carga como você a produziu, confeccionou ou cultivou.

Fonte: ANTT (Agencia Nacional de Transporte Terrestre)

Por Veronica Simonetti Nery.

Modal Rodoviário – Uma forma rápida e prática para sua importação.

O transporte por modal rodoviário é aquele que é feito por estradas e rodovias, se utilizando de veículos apropriados como Caminhões e Carretas. Representa a maior parte do transporte terrestre hoje em dia, e no Brasil é responsável por 96% do movimento de passageiros e 58% do transporte de cargas.

Este modal é geralmente utilizado em transportes internacionais de curtas e médias distancias. Por exemplo, um transporte feito dentro da América Latina, pode ser utilizada rodovias de vários países na mesma viagem.

Se recomenda o transporte Rodoviário para mercadorias de alto valor agregado ou que contenha perecíveis. O espaço do veículo pode ser fretado com carga completa ou fracionada. Através da carga fracionada é possível a diversificação de embarcadores num mesmo embarque, diminuindo assim, o custo do transporte.

O transporte rodoviário também é muito utilizado em transportes Multimodais (com mais de um modal). Isto faz com que a mercadoria possa vir de algum país distante por via marítima, desembarcar em outro pais da América Latina, e vir para o Brasil através de Rodovias, o que diminui muito o risco de avarias e atrasos.

As principais vantagens do transporte rodoviário são:

• Agilidade e Rapidez na entrega da mercadoria.
• Possibilita a entrega na porta do comprador
• Exigência de embalagens tem custo menor
• Reduz risco de avarias, devido à pouca movimentação da mercadoria.

A equipe Efficienza conta com diversos agentes de carga que realizam o transporte Rodoviário e Multimodal com excelência. Entre em contato conosco para avaliar o transporte de sua carga, oferecemos diversas formas com custo-benefício para sua empresa.

Por Leonardo Pedó.

Transporte Rodoviário – esse é o meu Modal

Chegamos do Paraná, com a Missão, junto a Efficienza, de abocanhar uma fatia dos 62% de escoamento de cargas no Brasil que acontece pelo Rodoviário.

Setor que já teve seus dias de glória no ano de 2010 com 200 bilhões, 11,2% do PIB, e vem tendo dias de Luta desde a queda para -7,1% PIB em 2016, numa recuperação lenta, porém sólida, um crescimento tímido de 2% até o momento no ano de 2018.

Os altos preços de acessórios, e manutenção dos veículos, como o Diesel que subiu 6,2% somente este ano, pedágios, e estradas sucateadas, fazem o nosso querido Modal, vencer um Leão por dia.

Por Veronica Simonetti Nery.

Como escolher o modal adequado para o transporte de cada carga?

Ao iniciar negociações no mercado internacional é natural que as partes envolvidas em algum momento se questionem quanto ao modal mais adequado para o envio/ recebimento da mercadoria.

E,fatores como agilidade no transporte, segurança na operação e custos envolvidos no processo são critérios fundamentais a serem observados.

Tratando-se de uma carga com necessidade de recebimento urgente, por exemplo, o transporte aéreo costuma ser a melhor escolha, já que nesta modalidade, o Transit Time (tempo de trânsito da carga) é reduzido comparado as demais alternativas.

Todavia, em função dos altos valores envolvidos, esta opção costuma ser mais vantajosa para pequenos volumes. Necessitando do transporte de grandes volumes, sugere-se os meios marítimos, rodoviários e ferroviários justamente por disporem de maior capacidade de armazenamento e, preços reduzidos. Por outro lado, seu tempo de transporte, evidentemente, é maior.

Outro ponto relevante a ser considerado é que, a segurança no transporte da carga em cada modal é variável. Meios aereos e ferroviários tendem a ser mais seguros, já que o índice de furtos é ínfimo principalmente quando comparado ao rodoviário.

Além disso, certificar-se da idoneidade dos parceiros envolvidos na operação é mais um ponto chave no processo. Afinal, o manuseio inadequado da mercadoria através de companhias despreparadas pode gerar atrasos e prejuízos incalculáveis para o seu negócio.

Nestes casos, conversar com um especialista em logística internacional pode facilitar na tomada de uma decisão mais assertiva.

Por Fabiola Girotto.

Transporte Rodoviário: modal em expansão

Nosso país possui uma das maiores malhas rodoviárias do mundo, aliado a isso, o Rio Grande do Sul está estrategicamente localizado, fazendo divisa com vários países, com os quais o Brasil possui acordos comerciais de incentivo, que tem permitido aumento da demanda e faturamento. Em agosto deste ano o Rio Grande do Sul exportou US$ 1,738 bilhão, sendo que entre os principais países de destino dos produtos gaúchos, destacaram-se nossos vizinhos: Argentina (10,01%) e Paraguai (2,64%), figura 01 e 03.

Fonte: http://www.ilos.com.br/web/transporte-rodoviario-de-cargas-no-brasil-mercado-atual-e-proximas-tendencias/

Além da nossa extensão territorial, outras qualidades são a simplicidade de seu funcionamento, a agilidade – que a partir de 28/06/2017) elimina a necessidade da apresentação de alguns documentos e reduz etapas e exigências governamentais -, de sua disponibilidade quando exigida pelo embarcador, além de: entrega na porta do comprador, custo menor de embalagem, menor manuseio da carga com consequente redução de risco de avarias e variedade de tipos de veículos.

No que tange a variedade dos equipamentos, eles podem ser, entre outros: caminhões, carretas, chassis de transporte de containers e bi-trens. Abaixo um pouco mais sobre os modelos mais comuns:

  • Caminhões: veículos constituídos em uma única parte que traz a cabine junto com o motor e a unidade de carga (carroceria), chegando a transportar até 23 toneladas.
  • Carretas: veículos articulados, onde possuem unidades de tração e de carga separadas.
  • Chassis: carretas de plataforma indicadas para carregamento de containers de 20 ou 40 pés.
  • Bi-trens: veículos articulados compostos de dois semi-reboques, que atendem até 40 toneladas de mercadorias.

O setor de logística tem mais de 30 parceiros, atuando em todo território nacional, com foco no mercado Argentino, Chileno, Peruano, Boliviano, Paraguaio, Uruguaio e Equador. Atualmente carregamos produtos dos mais variados segmentos: autoparts, cigarros, móveis, cargas secas em geral, refrigeradas, etc.

Diante de todos os atrativos deste modal, aproveite e contate a Efficienza para suas cotações rodoviária. Nossa equipe qualifica-se constantemente para melhor lhe atender.

Por Alana de A. Reis